Categorias
esquerda

Sobre fogo amigo

fogo-amigo

Tudo o que passamos hoje estamos merecendo e a autocrítica da esquerda ainda não veio.
Métodos anacrônicos, que insistem em dizer que são vanguardistas e se você propõe uma terceira via é chamado de pelego reformista.
Será que tanta bordoada que estamos tomando não é suficiente pra repensarmos nossos métodos?

Estão conseguindo destruir uma reputação secular, mas também somos culpados, por arrogância intelectual, por não nos aproximarmos da realidade do dito “proletário”.

Não adiantam mais palavras vazias, jargões de efeito não colam mais.
Nem em pessoas de esquerda com um viés mais liberal, alternativo. O nosso problema é histórico, é a cisão e nunca há fusão.
A direita brasileira nesse momento se refestela sobre o nosso descontrole e desunião, uma coisa nela é invejável: a incrível capacidade que as diversas correntes têm de se unirem quando um assunto lhes interessa, depois se matam, mas primeiro conseguem o que desejam.
E nós até quando vamos ficar insistindo na mesma metodologia sem sucesso?

Cem anos da Revolução Russa já se passaram, o contexto era um; 27 anos da morte da URSS e o contexto era outro. Mas ainda vemos a reprodução do mesmo discurso datado de no mínimo 50 anos atrás.
O fato é que não estamos acompanhando a História, estamos sempre a 20 passos atrás.

Repensar a nossa atuação no contexto contemporâneo e diminuir as cisões podem ser os passos necessários pra uma mudança mais profunda.

Auto-análise é tudo.

*Nota da autora: este texto foi escrito em março de 2018.

Por Astrovalda Junqueira

Ghost Writter, "Literateuta"
"Escrever para não enlouquecer, novo bálsamo à alma"

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s