Categorias
escreva na quarentena Sem categoria

Então é Natal…

Um sábado qualquer – Carlos Ruas

São Paulo, Dezembro de 2020.

Dia 307 da Trezentena.

Chegamos à trezentena, um Natal em plena pandemia.

Ando sem criatividade para escrever, porém preciso registrar este fato histórico.

Uma guerra do meu tempo, anos 20 do século XXI e a História se repete, acho que agora é como farsa e não como tragédia.

Sempre detestei Natal, prefiro o Ano Novo, sei lá por qual motivo, acho que existe um clima melancólico no ar e uma falsidade entre as pessoas também. Mas neste Natal de 2020 estou me esforçando para ressignficar essa data.

O pandemônio, meus amigos que perderam pessoas próximas para essa Covid, um clima de fato melancólico no ar. No entanto, sou uma pessoa privilegiada por ter meus pais vivos, saudáveis e como eles curtem essa data, por eles e por todo o contexto envolvido neste ano me esforço para não ficar triste.

O ansiolítico também tem me ajudando a ficar mais relaxada, a terapia também e estou me importando com o que realmente devo me importar.

Apesar de ter me ferrado muito neste ano no aspecto financeiro, não posso reclamar da minha sorte, aos trancos e barrancos vamos levando, minha família está com saúde e unida e a gente vai se ajudando. As coisas estão se ajustando e não há mal que dure para sempre.

Uma hora isso tem que acabar!

Tenho esperança de que seja logo.

Edit: correção estamos ainda dentro da Duzentena, hoje é o dia 289 (26/12/20)

Por Astrovalda Junqueira

Ghost Writter, "Literateuta"
"Escrever para não enlouquecer, novo bálsamo à alma"

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s