Categorias
escreva na quarentena Sem categoria

A Quinhentena e a Condicional.

São Paulo, Julho de 2021.

Dia 500 da Quinhentena.

Tudo o que é vivo ou operado por seres vivos tem fases: nasce, cresce. Nesse crescer desenvolve e amadurece, atinge o auge, a estabilidade e por fim, decresce.

Morre o ser vivo, mas não suas lembranças e sua intervenção no mundo.

500 dias são 1 ano 4 meses e 15 dias.

O tempo em que tudo ficou suspenso e incerto vai chegando ao fim. Vagarosamente.

Graças às vacinas que só chegaram por causa dos governos estaduais, a despeito das metodologias empregadas para tal.

É uma alegria saber disso. Ao mesmo tempo que retomar as rédeas da vida também causa certa estranheza…

Por meses fui prisioneira e agora terei a minha liberdade assistida. Não chamo de alforria, pois o capitalismo ainda fará de mim, seu instrumento de mais valia.

O que percebo é a sede de viver e de transformar essa fase final em transição; sair da caverna, colocar óculos escuros pros raios solares não cegarem a vista e beber a vida, como se ela nunca tivesse acontecido. Estar preparada pra retornar ao mundo real que continuou existindo, a parte da minha não contribuição.

Questões que eram latentes antes do pandemônio agora deverão ser respondidas. Quais reflexões ficarão deste tempo?

Até às lamúrias nós nos condicionamos e essa reflexão sobre mudança é razão disso.

Mudar estados. A mudança é grave para humanidade. Pessoas que mudam completamente, rumo ao desconhecido, são minoria. A maioria cria raízes e se agarra em algo que conhece, age de maneira comedida. Calcula riscos e benefícios, racionaliza e mantém sua zona de conforto.

É preciso muita coragem e desprendimento para mudar tudo, sem olhar pra trás e sem duvidar da decisão.

O início da minha liberdade condicional guarda uma escolha, muito difícil, que terei que fazer.

Por Astrovalda Junqueira

Ghost Writter, "Literateuta"
"Escrever para não enlouquecer, novo bálsamo à alma"

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s