Categorias
escreva na quarentena política

2842

São Paulo, Março de 2021,

Dia 368 da Trezentena.

Ao leitor do presente.

Todo dia eu queria falar de amor.

Infelizmente não tem sido possível.

Embora o sol brilhe lindamente nesses dias.

Estou absolutamente cansada de escrever sobre essa tristeza.

Saudade de quando a saudade era de ver quem amo.

Saudade de quando a tristeza era só a minha. Hoje é a desesperança geral que paira no ar…

Ao leitor do futuro.

Jamais subestime o que estamos sofrendo agora.

2842 não é a senha do cofre no banco.

É o número de mortos hoje por esse Covid, grande parte desse contingente podia ser evitado.

Em um ano de desgoverno esse é o maior número de mortos por dia, superando 280 mil mortes ao total.

O tempo está muito sombrio no Brasil.

Pior que o Covid, é o vírus que habita o lugar que um dia foi Alvorada, agora é só densa escuridão.

O fardo tem sido de difícil de carregar, menos pela doença e mais por ter que suportar esse país desgovernado.

Temos psicopatas no alto escalão.

E um despresidente que persegue pessoas que dizem a verdade a seu respeito.

Seu nome é acompanhado de um vocativo que o qualifica sob medida.

Eu digo Geno e vocês…

Por Astrovalda Junqueira

Ghost Writter, "Literateuta"
"Escrever para não enlouquecer, novo bálsamo à alma"

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s